A mentoria como meio de aprendizado e crescimento dos negócios

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

 Thomas Job Antunes, executivo do Instituto Hélice

Em nossa experiência piloto de mentorias em startups, realizado em 2020, tínhamos uma hipótese para testar: o mentor precisar ser qualificado para gerar resultado na startup. Esta proposição foi validada e, agora, reforçada para 2021. A realidade de uma startup deixa o empreendedor em uma situação que não pode se dar ao luxo de perder tempo em conversas infrutíferas. Segundo depoimentos dos empreendedores, as suas experiências em mentorias normalmente levavam a uma relação muito mais parecida com uma palestra ou consultoria, do que mentoria. É fundamental que mentores e mentorados estejam no mesmo nível de humildade para que a jornada de aprendizado fere frutos para ambos.

Dessa forma, hoje temos disponível no ecossistema da serra gaúcha, um processo completo de capacitação e acompanhamento, com o apoio de uma instituição reconhecida pela sua excelência nessa área, o CENEX – Centro de Excelência Empresarial. O programa Mentoria lançado no final da última semana nasce a partir dessa união de competências entre Hélice e CENEX. De um lado o Hélice, com os seus processos estruturados de conexão, aproximando empresas e startups. De outro o CENEX com a sua expertise no desenvolvimento de lideranças e na condução de processos de aprendizagem. Aqui no instituto, entendemos que a mentoria é justamente isso: trazer desafios reais de startups que precisam passar por processos de crescimento e desenvolvimento junto ao conhecimento e a experiência de profissionais especialistas no tema de necessidade.

Startups tradicionalmente crescem muito rápido. Caracteristicamente, a startup é composta por dois ou três sócios e uma pequena equipe com um modelo de negócio em mãos que pode dar muito certo. E quando isso acontece, causa esse inchaço acelerado de suas estruturas. Neste momento, ela salta algumas etapas importantes para a sustentabilidade do negócio a longo prazo como questões relacionadas a governança, contabilidade, produto, estratégia e marketing. Os fundadores não dominam todos esses aspectos e é onde esperamos que mentores atuem, no suporte e encaminhamento para as lacunas que devem ser preenchidas por algum conhecimento, atuando como um atalho para o desenvolvimento da gestão da empresa.

Essa jornada não ocorre apenas para a startup, mas também para o mentor que precisa se despir do contexto de uma grande empresa e se colocar nos sapatos do empreendedor que está ali com desafios reais dentro da startup. Colocando em prática competências desenvolvidas ao longo da sua carreira e também exercitando a sua capacidade de empatia, algo fundamental para uma troca efetiva de conhecimento. Essa é a provocação do Instituto Hélice nesse programa de mentorias desenvolvido pelo CENEX e o nosso convite para participar desse processo que conecta de forma efetiva dois dos principais atores de nosso ecossistema trazendo aprendizados para todos os participantes. Participe!

Para participar do Programa de Mentoria Hélice acesse héloce.networkhel

Caxias do Sul|RS, 24 de março de 2021

Instituto Hélice – Assessoria de Imprensa

Coordenação de Conteúdo: Adriana Silva (54) 9 9114.5054

Atendimento: Alison Oliveira (54) 9 9201.4812

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Deixe aqui seu comentário.

Vida Integrada – Tiago Petreca
Adriana Martello – A escuta
Comunicação na Gestão Remota – Alessandra Gonzaga
O que tem mais poder, perguntas ou respostas?
Inteligência emocional em tempos de crise – Live Unicred VTRPP
Segurança Psicológica
Episódio 5 – Insights sobre o futuro do trabalho
by CENEX Centro de Excelência Emp

⚡MUNDO VIRTUAL #EP5 NO AR! Quais são os principais comportamentos e atitudes de liderança determinantes para os próximos tempos? Neste quinto episódio da série Mundo Virtual, Paulo Amorim compartilha reflexões sobre suas pesquisas e estudos em relação ao tema

Episódio 5 – Insights sobre o futuro do trabalho
Episódio 4 – Impactos do trabalho remoto para o ser humano
Episódio 3 – Integrando o On e o Off-line
Os 7 principais atributos que um líder precisa desenvolver
Episódio 1 – Mundo Virtual – Comportamentos e atitudes da liderança
Mentoria, liderança e empreendedorismo – Comunidade NAU25 #12
Relacionamento Interpessoal, competência relacional
As 5 principais dificuldades na hora de inovar
O Profissional do Futuro – Paulo Amorim
Liderança Intercultural com Marcelo do Carmo