NOTÍCIAS

Com as competências certas, ninguém será substituído por Robôs
Dezembro de 2018

C�o�m� �a�s� �c�o�m�p�e�t�?�n�c�i�a�s� �c�e�r�t�a�s�,� �n�i�n�g�u�?�m� �s�e�r�?� �s�u�b�s�t�i�t�u�?�d�o� �p�o�r� �R�o�b�?�s�

Se você investe em desenvolvimento de competências, não há razão para alarmismo. Contar com estratégias e ferramentas como big data, inteligência artificial e robótica dentro das empresas leva, na verdade, a um aumento do tempo disponível para a inovação. Assim, há maior brecha para a engenhosidade e reinvenção de processos.

Segundo Jim Wilson, diretor da Accenture, empresa global de TI e outsourcing, a nova mão de obra operária precisará de quatro competências “distintamente mais humanas” para a produção avançada: raciocínio complexo, inteligência social e emocional, criatividade e certas formas de percepção sensorial. “O trabalho em certo sentido, e globalmente na manufatura, está se tornando mais humano e menos robótico”, afirma Wilson, que ajudou a dirigir um estudo sobre tecnologias emergentes e necessidades de emprego com 14 mil empresas em 14 grandes países industrializados.

Você já está trabalhando no desenvolvimento dessas habilidades? #façaAdiferença #FaçaCenex

Fonte: Bloomberg

O sucesso destas empresas é resultado
das competências de seus líderes